o que é quem somos como ajudar notícias parceiros
MENU

Notícias
▸ Resultados de testes clínicos com Genisteína

Uma das grandes esperanças para as famílias afetadas pela Síndrome de Sanfilippo era a Genisteína, uma isoflavona extraída de algumas plantas que em estudos preliminares tinha apresentado resultados encorajadores na condição de ratos doentes.

Porém, os resultados de testes clínicos realizados pelo período de dois anos no Reino Unido apresentados na International MPS Conference realizada em agosto de 2018 nos Estados Unidos não resultados significativos nos pacientes que participaram do estudo. Em outras palavras, o resultado de acordo com o resultado do estudo, não parece que altas doses de genisteína sejam efetivas como uma terapia para o tratamento de pacientes com a Síndrome de Sanfilippo.

A comparação entre pacientes tratados com genisteína e pacientes tratados com placebo não mostrou efeito estatístico significativo em:

  • Nível de heparan-sulfato no fluído espinhal;
  • Sono;
  • Questionário de avaliação da qualidade de vida;
  • Depressão parental;
  • Quantidade de glicosaminoglicanos na urina;
  • Medidades de habilidades cognitivas e adaptativas;

Não serão realizadas mais pesquisas com genisteína. Infelizmente é uma notícia ruim para a comunidade de pacientes. Esperamos resultados melhores com outras pesquisas em andamento em outras frentes.

Informações obtidas em publicação na página da
Cure Sanfilippo Foundation no Facebook
em 7 de agosto de 2018.


Publicado em 04/10/2018

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

⬅︎ voltar ao índice